Para: Músicos, pesquisadores e estudantes

Esse material foi recebido por email, enviado pelo professor e ser q admiro mto, Heriberto Porto, com o link para downloads de vários livros, fontes de conhecimento musical. É uma ótima lista e eu gostaria muito de ter os originais, mas o arquivo já quebra um galho.
Bons downloads (antes q sejam bloqueados #megauploadiskilled)!
1- Arranjo – Método Prático – Ian Guest
Este livro ensina como escrever para variadas formações instrumentais. Este trabalho é apresentado em três volumes, incluindo um CD que acompanha o primeiro deles, gravados por músicos brasileiros como Ricardo Silveira (violão), Cristovão Bastos (piano), Pascoal Meirelles (bateria), Carlos Malta (flauta e sax), Vittor Santos (trombone), entre outros.
2- Aprendendo a Compor
Cadernos de Música da Universidade de Cambridge
Uma série de livros didáticos, ilustrados e em formato grande, atendendo ao estudante e ao estudioso da música em seus mais variados aspectos.
3- Counterpoint in Composition
Este livro pode se tornar o mais importante livro de teoria musical para as próximas gerações de alguns teóricos, compositores e intérpretes.
Estudo do Contraponto na Composição
4- The New Grove Dictionary Of Music & Musicians
formato – chm
Este é o Nº 1 – 20 grossos volumes repletos de informações sobre a história da música, compositores, artistas e muito mais. Ela carrega um preço grande, mas é uma ajuda inestimável para o estudante sério ou escritor. Bosque tem vários outros dicionários, ópera e jazz, entre eles, mas se você só pode lidar com um, este é o único a conseguir. Este texto refere-se à edição de volume 20 do presente título.
5- Livros: Harmonia
 5.1Tonal Harmony
Por quase duas décadas Tonal Harmony foi o livro principal usado em quase 800 escolas, esse livro tem sido constantemente elogiado por sua praticidade e facilidade de uso por parte do aluno. A abordagem direta é acompanhada de exemplos bem escolhidos e exercícios, e a apresentação total é compatível com diferentes estilos de ensino e pontos de vista teórico.
 5.2Tonal Harmony – Work Book
Tonal Harmony
Work Book
(Caderno de Exercícios)
Descrição do Produto
O livro fornece as atribuições de cada capítulo de Tonal Harmony por Stefan Kostka e Payne Dorothy, ajudando o estudante a dominar o conteúdo do livro. Cada conjunto de exercícios é estreitamente relacionado com o capítulo correspondente no texto e com um especial de auto-teste dentro do capítulo. Cada conjunto de exercícios começa com problemas que são semelhantes aos encontrados no correspondente auto-teste, mas o livro também incluem exercícios de problemas que são muito abertas para o formato de auto-teste, bem como mais tipos de problemas. As atribuições são criados de modo que os alunos possam fazer trabalhos individuais e submetê-los à classificação, sem interferir com outras atribuições.
 5.3 Harmonia Tonal I
Harmonia Tonal I
Esta apostila foi elaborada pelo professor Norton Dudeque
3- Harmonia Tonal II
Esta apostila foi elaborada pelo professor Norton Dudeque
 5.4 Melos e Harmonia Acústica
Melos e Harmonia Acústica
Guerra-Peixe
Elaborado pelo maestro e compositor Guerra-Peixe, este pequeno tratado desvenda alguns mistérios da composição no que se refere a melodias. Baseado nos ensinamentos que obteve de seu mestre H. J. Koellreutter, nos estudos das obras didáticas de Paul Hindemith e na experiência de aulas ministradas sobre o assunto, o autor reúne um conteúdo aprimorado dos princípios da composição, que serve tanto para o aspirante à composição quanto ao instrumentista que deseja interpretar melhor os textos que executa.
 5.5 Harmonia e Improvisação Vol. I
Harmonia e Improvisação Vol.. I
Almir Chediak
Neste primeiro volume da série, Almir Chediak explica os elementos básicos da música, noções de estrutura de acordes, tipos de modulação, harmonia modal e fundamentos da harmonia funcional. De forma clara e objetiva estuda os intervalos usados em cifras e aplicação prática desses intervalos na formação e reconhecimento dos acordes. São analisadas 70 músicas do repertório popular, para o estudante praticar os conceitos expostos no livro.
6- HISTÓRIA DA MÚSICA OCIDENTAL – acompanham 12 cds
Críticos e especialistas classificam esta obra como o melhor compendio da evolução da música no mundo ocidental, desde a antiga Grécia ate os nossos dias.
Traz:
A situação da música no fim do mundo antigo
2-Canto litúrgico e canto secular na Idade Média
Os primórdios da polifonia e a música do século XIII
Música francesa e italiana do século XIV
Da Idade média ao Renascimento: música da Inglaterra e do ducado da Borgonha do século XV
A era renascentista: de Ockeghem a Josquin
Novas correntes no século XVI
Música Sacra no Renascimento tardio
Música do primeiro período barroco
Ópera e música vocal na segunda metade do século XVI
Música instrumental no barroco tardio
A primeira metade do século XVIII
Origens do estilo clássico:a sonata, a sinfonia e a ópera no século XVIII
O final do século XVIII
Ludwig Van Beethoven (1770-1827)
O século XIX: o romantismo; músical voral
O século XIX: música instrumental
O século XIX:ópera e drama musical
O fim de uma era
O século XX
Autores: Grout,J.D./Palisca,C.V -3a edição – Outrubro 2005. Editora: Gradiva, Portuguesa, 759 páginas
7- História & Música – Marcos Napolitano
O Brasil é, sem dúvida, uma das grandes usinas sonoras do planeta e um lugar privilegiado não apenas para ouvir música, mas também para pensar a música. Tem sido a intérprete de dilemas nacionais e veículo de utopias sociais; canta o futebol, o amor, a dor, um cantinho e um violão. Apoiado em sólidas bases teóricas, Marcos Napolitano faz uma análise histórica das diversas vertentes musicais e culturais que construíram a música popular brasileira, em suas diversas formas, gêneros e estilos.
8- A arte da improvisação – Nelson Faria
É a primeira obra do gênero editada no Brasil. O livro ensina, de forma clara e objetiva, como improvisar através do estudo de frases jazzísticas, representando um passo à frente em termos de material didático sobre o tema. A parte teórica é dissecada em sua totalidade e a parte prática conta com o recurso da fita cassete que acompanha cada exemplar do livro. Ali estão gravadas bases de violão e guitarra tocadas pelo autor com arranjos programados pelo computador. O estudante pratica tocando seu instrumento juntamente com o tape, podendo acompanhar 15 progressões de acordes, licks, arpejos e solos indicados no livro, com a preocupação didática do autor em gravar todas as frases melódicas em andamento rápido e lento. Assim, o músico menos preparado disporá de maior comodidade técnica para desenvolver-se.
9- The Study of Orchestration, Samuel Adler
 
A terceira edição deste texto sobre orquestração, de  elevado sucesso segue a metodologia estabelecida no seu antecessor : a orquestração de aprendizagem é melhor alcançada através da familiaridade com a literatura orquestral; essa familiaridade é mais efetivamente realizado a partir da notação musical em combinação com o som gravado. O texto foi revisado para refletir as reações mais informada à primeira e segunda edições, assim como revisões Professor Adler. Por abrangência, concisão e contemporaneidade, o Estudo de Orquestração permanece sem par.
Samuel Adler é chefe do Departamento de Composição na Eastman School of Music da Universidade de Rochester, onde foi docente desde 1966. Um compositor de renome considerável, ele é um convidado freqüente para administrar palestras em universidades americanas em todo o país. Ele é o autor do solfejo, também publicado pela Norton.
Livro:
10- Ensinando Música Musicalmente – Keith Swanwick
O livro é destinado aos profissionais e estudantes das áreas da educação e de música, que atuam ou pretendem atuar nos múltiplos espaços da educação musical, seja na educação básica ou nos diversos níveis de ensino de música; em instituições escolares ou em espaços extra-escolares como fundações, institutos e organizações não-governamentais que realizam projetos culturais, educacionais e/ou sociais, entre outros.
128 páginas
16,00 X 23,00 cm
ISBN: 85-16-03907-2
11- Apostila de Regência

http://brasilsonoro.com/argemiro/Livros/Reg%eancia/02.rar

Índice
Regência ……………………………………………………………………………………………….. 2
1 – Regência e Comunicação Gestual ……………………………………………………….. 2
1.1 – As interações entre regência, interpretação e comunicação ………………….. 2
1.2 – Expressão corporal e a postura do Regente ………………………………………… 3
1.3 – O corpo como um todo ………………………………………………………………………3
1.4 – O corpo em partes…………………………………………………………………………… .3
1.5 – Pernas e pés ………………………………………………………………………………….. 4
1.6 – Braços, mãos e dedos ……………………………………………………………………… 5
1.7 – A independência dos braços …………………………………………………………….. 5
1.8 – Sobre a batuta ………………………………………………………………………………… 6
1.9 – Para exercitar a independência dos braços ………………………………………… 6
2 – Os Gestos Rítmicos, Preventivos e Expressivos ……………………………………. 7
I. O Gesto Rítmico …………………………………………………………………………………… 7
2.1 – Gênese e formação na regência ……………………………………………………….. 7
2.2 – Trajetória – tensão / expansão versus distensão / contração ………………… 8
2.3 – A organização da trajetória dos gestos ………………………………………………. 9
II. Gesto Preventivo ……………………………………………………………………………….. 12
2.4 – Dos gestos e sua aplicação ……………………………………………………………. 12
2.5 – Gesto preventivo nos vários tempos do compasso …………………………….. 14
III. Gesto Expressivo ……………………………………………………………………………… 17
2.6 – Descrição gráfica dos gestos classificados ……………………………………….. 17
2.7 – Dinâmica ……………………………………………………………………………………… 20
2.8 – Ataques ……………………………………………………………………………………….. 21
3 – Noção de Profundidade …………………………………………………………………….. 28
4 – A Questão da Liderança na Regência…………………………………………………. 29
4.1 – A formação do Regente como bem patrimonial …………………………………. 29
4.2 – Patrimônio próprio e adquirido ………………………………………………………… 29
4.3 – Relacionamento com o grupo …………………………………………………………. 30
4.3 – A administração de conflitos …………………………………………………………… 31
5 – A interpretação e a relação do Regente com a obra ……………………………… 32
5.1 – Organização da interpretação …………………………………………………………. 32
5.2 – Caminhos da maturação: uma prática pessoal ………………………………….. 33
6 – Ensaio ……………………………………………………………………………………………. 33
6.1 – Preparação …………………………………………………………………………………… 33
6.2 – Interpretação ………………………………………………………………………………… 33
6.3 – Soluções gestuais …………………………………………………………………………. 33
6.4 – Ensaios de naipes …………………………………………………………………………. 34
6.5 – Afinação ………………………………………………………………………………………. 34
6.6 – Ataques, dinâmicas e precisão do conjunto ………………………………………. 34
6.7 – Articulações ………………………………………………………………………………….. 34
7 – Bibliografia ……………………………………………………………………………………… 35
12- “Regência Coral” – Oscar Zander
Eis o livro que todos os regentes, cantores e músicos estavam esperando: um livro completo e definitivo sobre regência coral. Fruto de anos de pesquisa, resultado de longa prática de regência, tanto coral quanto orquestral, Oscar Zander consegue nos dar uma visão ampla da prática do canto coral ao longo da história e, ao mesmo tempo, analisa de modo simples, direto, objetivo, os problemas técnicos de regência. Assim, ao longo do livro, Zander analisa os fundamentos da regência coral, seus aspectos teóricos, as técnicas e as melhores soluções a serem adotadas.
Regência coral se propõe a analisar os seguidentes tópicos conceitos de regência coral, breve histórico do desenvolvimento da regência, a técnica da regência coral, a marcação, o movimento das vozes e mudanças métricas e rítmicas da música, o regente e sua prática pessoal, o canto e seus diferentes aspectos, as diferentes posições e coro, a voz e su educação no coro, a afinação, a técnica de ensaio, regência coral e orquestral, os estilos e formas da música coral, a estrutura do programa, a apresentação do concerto.
Se bem que este seja um livro destinado aqueles que buscam noções básicas de música coral e orquestral, ele servirá também a estudantes e professores de outras áreas culturais e aos leigos no assunto, pelo tipo de ligagem, pelo método de abordagem e por seu retrospecto histórico, social e cultural que envolve a cultura e a prática da música coral.
13- Livros: Teoria Inicial
13.1 Apostila de Teoria Musical
ÍNDICE
1 – Ornamentos …………………………………………………………………………………………… 2
1.1 – Apojiatura ……………………………………………………………………………………………. 4
1.1.2 – Apojiatura Longa ou Expressiva ………………………………………………………… 4
1.1.3 – Apojiatura Breve (simples) …………………………………………………………………. 6
1.1.3.1- Acicatura …………………………………………………………………………………………. 7
1.1.3.2- Apojiatura irregular ………………………………………………………………………….. 8
1.1.4 – Apojiatura Sucessiva (ou dupla) …………………………………………………………. 8
1.1.4.1 – Apojiatura sucessiva irregular ………………………………………………………… 9
1.1.4.2 – Acicatura sucessiva (regular e irregular) …………………………………………… 9
1.2 – Mordente …………………………………………………………………………………………….. 9
1.2.1 – Mordente Superior …………………………………………………………………………….. 9
1.2.2 – Mordente Inferior …………………………………………………………………………….. 10
1.2.3 – Mordente Duplo (ou ampliado) ………………………………………………………….. 10
1.3 – Grupeto …………………………………………………………………………………………….. 11
1.3.1 – Grupeto de Ataque ………………………………………………………………………….. 11
1.3.1.1 – Grupeto Superior ………………………………………………………………………….. 11
1.3.1.2 – Grupeto Inferior ……………………………………………………………………………. 12
1.3.2- Grupeto Medial …………………………………………………………………………………. 12
1.3.2.1 – Grupeto Medial Superior ……………………………………………………………….. 13
1.3.2.2- Grupeto Medial Inferior …………………………………………………………………… 14
1.4 – Glissando ………………………………………………………………………………………….. 14
1.5 – Portamento ……………………………………………………………………………………….. 15
1.6 – Floreio ………………………………………………………………………………………………. 15
1.7 – Cadência Melódica …………………………………………………………………………….. 16
1.8 – Trêmulo …………………………………………………………………………………………….. 16
1.8.1 – Desdobramento de notas desiguais …………………………………………………. 16
1.9 – Trinado ……………………………………………………………………………………………… 17
1.9.1 – Trinado Simples: …………………………………………………………………………….. 18
1.9.2 – Trinado com preparação ………………………………………………………………….. 19
1.9.3 – Trinado com Resolução …………………………………………………………………… 19
1.9.4 – Trinado com Preparação e Resolução ……………………………………………… 19
2 – Dinâmica ……………………………………………………………………………………………… 19
2.1 – Sinais de Acentuação ………………………………………………………………………… 19
2.2 – Representação gráfica dos sons: ……………………………………………………….. 21
3 – Expressão ……………………………………………………………………………………………. 21
4 – Respiração …………………………………………………………………………………………… 30
4.1 – Inspiração …………………………………………………………………………………………. 31
4.1.1 – Inspiração em três fases ………………………………………………………………….. 31
4.1.2 – Inspiração numa só fase ………………………………………………………………….. 31
4.2 – Expiração ………………………………………………………………………………………….. 31
4.3 – Exercícios respiratórios sem o instrumento ………………………………………… 32
4.3.1 – Exercício I ………………………………………………………………………………………. 32
4.3.2 – Exercício II ……………………………………………………………………………………… 33
4.3.3 – Exercício III …………………………………………………………………………………….. 33
4.3.4 – Exercício IV …………………………………………………………………………………….. 33
5 – Respiração Contínua ou Circurlar …………………………………………………………. 33
5.1 – Exercícios Mecânicos ………………………………………………………………………… 34
6 – Bibliogafia ……………………………………………………………………………………………. 35
09.Notação na Música Contemporânea
13.2 Música – Leitura Conceitos, Exercícios
Com uma didática clara, o livro Música: Leitura, Conceito, Exercícios, traz um excelente trabalho que abrange desde o básico do ensino de música, até adiantados ensinamentos de leitura e conceitos. Seu conteúdo foi elaborado a partir apostilas utilizadas durante todos os anos dedicados ao ensino de música.
13.3 Elementos Básicos da Música
O Texto Deste Volume Abrange o Conhecimento Musical Basico: Som, Ritmo, Acordes, Escalas, Ornamentos, Todos os Generos Musicais e Tipos de Instrumentos de uma Orquestra.
13.4 Breve Tratado Sobre o Som e a Música
Umas das atividades culturais mais abrangentes do mundo moderno é a produção,
difusão e fruição da música, em todos os seus aspectos, desde as formas eruditas apresentadas nos palcos de todo o mundo, até a música popular e folclórica de todos os tipos, cuja (omni)presença na mídia não precisa ser ressaltada.
Um novo livro sobre o som e a música é uma iniciativa desafiadora, sob todos os aspectos. O desafio ainda é maior, se se tratar de apresentar um guia realmente abrangente, que vá da música erudita, sua história e formação, até a música popular, passando por todos os aspectos técnicos envolvidos com o som: gravação, reprodução, equipamentos eletrônicos de todo tipo, processos de síntese sonora; desde a música erudita (com toda a teoria musical tradicional), até a música eletroacústica.
Uma das propostas desta obra é de que ela seja ampla e consistente, sem entretanto se tornar uma obra pesada. Outro objetivo é tentar suprir o mercado com um livro que aborde toda a teoria básica (que não está ao alcance da maioria) em uma forma de fácil compreensão. Tudo isto intercalado por abundantes informações acerca de práticas musicais, composição e sonorização, e também com uma abundância de notas de péde- página capazes de elucidar qualquer assunto.
Atualmente, a maior fonte de pesquisas sobre qualquer assunto é a Internet. Por oferecer todo tipo de informação ela se tornou, verdadeiramente, uma gigantesca biblioteca universal.
Isto poderia significar que escrever um livro novo sobre estes assuntos seria uma tarefa inútil e redundante, até mesmo porque seria impossível competir com a Internet, devido à sua vastidão e atualização constante.
Entretanto, o que muitas vezes nela se encontra são informações muito dispersas, o que impede um aproveitamento real, a quem não estiver disposto a uma pesquisa em profundidade..
Há um ditado antigo que diz: quando não é possível vencer um adversário, una-se a ele. Então, é esta a proposição desta obra. A Internet é aqui usada como fonte de direta de pesquisas (para a consolidação do texto escrito), e também como uma fonte alternativa de consulta, com a citação dos sites e links necessários para o aprofundamento de grande quantidade de itens informativos (o autor não se responsabiliza pelos sites porventura desativados).
Deste modo, o que esta obra se propõe é, de um lado, oferecer o máximo de informação de uma maneira amena e acessível, de outro lado, tornar a Internet uma parceira neste empreendimento
Como seria inviável aprofundar todos os pormenores de cada assunto aqui abrangido, o que aumentaria a quantidade de páginas e de volumes, então fica aqui assinalada esta “parceria”. Ela permitirá ao pesquisador interessado aprofundar o assunto que desejar.
13.5 Bona – Bona
Eis aqui a nova edição de um dos mais importantes livros da educação musical no Brasil. O método de divisão rítmica criado por Pasquale Bona vai ajudar alunos de diferentes instrumentos e canto a aprender ritmos importantes e a desenvolver a percepção rítmica e melódica em compassos simples e compostos. Com mais de 100 exemplos e uma nova introdução teórica e explicativa, esta edição traz também uma revisão completa na grafia e na editoração, adotando uma notação musical moderna e muito eficiente para a leitura.
Definitivamente, é um método obrigatório para estudantes e professores de música de todos os níveis e estilos.
13.6 Método Expositivo de Teoria Musical
Método Expositivo de Teoria Musical
Guilherme Schubert
13.7 Curso Completo de Teoria Musical e Solfejo – Vol. 2
Método de teoria que, alem de conter os conceitos teóricos necessários para o aprendizado musical, possui ao final de cada capitulo questionário, exercícios teóricos e exercícios de solfejos relativos a cada ponto abordado.
13.8 Curso Completo de Teoria Musical e Solfejo – Vol. 1
Método de teoria que, alem de conter todos os conceitos teóricos necessarios para o aprendizado musical, possui ao final de cada capitulo questionário, exercicios teóricos e exercícios de solfejo relativos a cada ponto abordado.
13.9 Bohumil Med – Teoria da Música
Sinopse
“Teoria da Música”, do professor Bohumil Med, aborda todos os temas da teoria musical numa linguagem simples e objetiva, além de incluir assuntos pouco usuais em livros desta natureza, tais como – modos litúrgicos e suas transposições; escalas e acordes alterados; escalas exóticas; etc.